15 de maio de 2016

{Resenha} Como eu era antes de você

Como eu era antes de você
Título Original: Me Before You
Autor (a): Jojo Moyes
Editora: Intrínseca
Número de Páginas: 320
Ano de Publicação: 2013
Sinopse: Aos 26 anos, Louisa Clark não tem muitas ambições. Ela mora com os pais, a irmã mãe solteira, o sobrinho pequeno e um avô que precisa de cuidados constantes desde que sofreu um derrame. Sua vidinha ainda inclui o trabalho como garçonete num café de sua pequena cidade - um emprego que não paga muito, mas ajuda com as despesas - e o namoro com Patrick, um triatleta que não parece muito interessado nela. Não que ela se importe. Quando o café fecha as portas, Lou é obrigada a procurar outro emprego. Sem muitas qualificações, consegue trabalho como cuidadora de um tetraplégico. Will Traynor tem 35 anos, é inteligente, rico e mal-humorado. Preso a uma cadeira de rodas depois de ter sido atropelado por uma moto, o antes ativo e esportivo Will agora desconta toda a sua amargura em quem estiver por perto. Sua vida parece sem sentido e dolorosa demais para ser levada adiante. Obstinado, ele planeja com cuidado uma forma de acabar com esse sofrimento. Só não esperava que Lou aparecesse e se empenhasse tanto para convencê-lo do contrário. Uma comovente história sobre amor e família, Como eu era antes de você mostra, acima de tudo, a coragem e o esforço necessários para retomar a vida quando tudo parece acabado.


Quem me conhece, sabe que eu não gosto de ler livros da modinha, e que normalmente eu espero a moda passar para só então ler (haja vista Harry Potter que não li até hoje), mas após muitos pedidos e recomendações para a leitura de “Como eu era antes de você”, resolvi pelo menos ler antes de assistir ao filme.

Capa original
Eu não conhecia a autora, e esse foi o primeiro romance que li dela. Eu me apaixonei por sua escrita, e a Jojo consegue prender o leitor a todo o momento de uma forma muito natural. Visualmente falando, a capa da obra é tão simplória que jamais daria a impressão ao leitor do quão profundo seria o romance.

Louisa Clark, 26 anos, mora com os pais, irmã, sobrinho e avô numa pequena cidade do interior, e nunca saiu do seu confortável mundinho. Will Traynor, 35 anos, rico, bem-sucedido, ex-praticante de esportes radicais, preso a uma cadeira de rodas após um atropelamento de moto. Probabilidade de eles se encontrarem numa situação normal, NULA! Mas a vida é uma caixinha de surpresas e o fato de Louisa perder o emprego no Café que trabalhou durante anos, e conseguir um emprego como cuidadora de Will é praticamente uma ironia do destino!
“Você só vive uma vez. É sua obrigação aproveitar a vida da melhor forma possível.”
A Louisa é uma personagem que tive um afeto muito grande por ela! Ela é excêntrica, muito engraçada, apesar de ter 26 anos, tem a “inocência” em alguns momentos de criança, e o amadurecimento dela durante a trama é muito notável. O leitor é apresentado a Lou que está acostumada com sua vidinha pacata, e em outro momento Lou que viveu em um curto período lições que levará para o resto da vida. E adorei a característica dela se vestir como ela quer, sem se importar com a opinião alheia, do que vão ou não achar de sua aparência.

Já Will, o que mais me cativou, foi a sua forma inteligente e as tiradas sarcásticas que normalmente ele dá. É engraçado que até com o mau humor de Will eu me divertia.

A narrativa da obra é na primeira pessoa, sendo 90% do tempo narrado por Lou, e um capítulo narrado por Camila (mãe de Will), outro capítulo por Nathan (cuidador de Will) e um por Steve (pai de Will). Os protagonistas são Will e Lou, mas todos os personagens tiveram um papel fundamental na trama e foram construídos de uma maneira que todos se tornaram de alguma maneira cativantes, ou importantes na história.

É engraçado como gostamos de nos enganar até onde não dá mais. Apesar de já ter uma noção do que aconteceria no final, eu queria acreditar que tudo ficaria bem, que seria uma linda história de amor e que eu não precisaria chorar que nem uma criança, ao estilo de histórias com final feliz na Disney. Obviamente não foi o que aconteceu. Eu chorei de soluçar, eu precisei de um bom tempo para digerir toda a história e refletir sobre como a vida é curta demais e como somos frágeis a tudo!

E como não podia ser diferente, deixo também expressa a minha opinião sobre a tão polêmica questão do direito da pessoa de tirar ou não a própria vida. É claro que estar numa situação dessas é totalmente diferente do que dar uma opinião de fora. Em todas as questões da vida, é difícil dar pitaco na vida alheia. Eu vejo da seguinte maneira: a autora mostrou é sim possível continuar a viver nas condições que Will vivia, e aqui ainda saliento que ele tinha o “benefício” de ter dinheiro e conseguir muitos luxos que uma pessoa de baixa renda não conseguiria. Mas dinheiro não compra tudo e por outro lado, a autora deixa muito explícitas as dificuldades que Will enfrentava, principalmente a questão de que não é apenas ser tetraplégico, é ser mais susceptível a contrair várias outras doenças, viver sempre no sofrimento e totalmente dependente de hospitais e profissionais da saúde. Quando eu li a história, eu pensava: “eu não acredito que ele quer fazer isso!”, “que egoísta!”, ou seja, eu julguei por me colocar na pele dos familiares. Em contrapartida, no término da leitura, eu consegui me colocar na pele de Will, e as coisas começaram a fazer sentido do ponto de vista dele.
"Poucas coisas ainda me fazem feliz, e você é uma delas.”
De uma maneira ou de outra, a autora consegue passar várias situações irônicas no sentido de coincidência o namorado de Lou, Patrick, se tornar um viciado em esportes, músculos, com a preocupação de um corpo perfeito, em paralelo a Will nas condições dele? A autora Jojo instiga o leitor a pensar no que é ter uma qualidade de vida, o que é de fato viver ao invés de sobreviver, no que é o amor verdadeiro acima de aparências e creio eu, que principalmente esta é uma história de esperanças o aprendizado de querer viver melhor.

E lembrando que o filme será lançado dia 16 de junho de 2016! *-*


14 comentários:

  1. obrigada pelo comentário <3
    parece ser super interessante :D

    www.pinkie-love-forever.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Não conhecia a história, fiquei super com vontade de ler!
    Já estou te seguindo, adorei o blog e a forma como você escreve.

    Beijos
    Ruiva Cohen Store Blog

    ResponderExcluir
  3. Olá lylu muito obrigado pela visita ao meu blog e pelo comentário.. gostei bastante do teu blog e ganhaste uma seguidora aqui e nas outras redes sociais..
    beijinho grande

    Beleza De Mulher e Mãe
    Facebook
    Instagram

    ResponderExcluir
  4. Olá lylu muito obrigado pela visita ao meu blog e pelo comentário.. gostei bastante do teu blog e ganhaste uma seguidora aqui e nas outras redes sociais..
    beijinho grande

    Beleza De Mulher e Mãe
    Facebook
    Instagram

    ResponderExcluir
  5. Estou doidinha para ler este livro, dizem que ele é muito bom e pela sua resenha me despertou mais interesse ainda♥
    Adorei o blog, já estou seguindo, sucesso ♥

    ResponderExcluir
  6. Quero MUITO MUITO MUITO ler esse livro e agora com sua resenha a vontade aumentou mais ainda ♥
    Beijão,
    Blog Ó, tô em dúvida...

    ResponderExcluir
  7. Não conhecia este livro mais pela resenha parece ser ótimo amei
    Um super beijo ♥♥

    http://ladorosadomundo.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. não conhecia mais fiquei encantada pela sinopse uma personagem incrível mesmo ! beijos


    http://www.loucaapaixonada.com/

    ResponderExcluir
  9. Resenha maravilhosa amei a dica do livro, tenha uma semana abençoada.
    Blog: http://arrasandonobatomvermelho.blogspot.com.br/
    Canal:https://www.youtube.com/watch?v=DmO8csZDARM

    ResponderExcluir
  10. adorei a resenha, já estou seguindo seu blog bjs : )

    ResponderExcluir
  11. Esse livro é muito lindo. Comprei ele e li umas 3 vezes hehehe
    Adorei sua resenha e seu blog. Já estou seguindo para não perder nada :)
    Beijos
    BlogCarolNM
    FanPage

    ResponderExcluir
  12. ah,faz tempo que quero ler esse livro, mas to achando que vou acabar ate vendo o filme primeiro

    www.tofucolorido.com.br
    www.facebook.com/blogtofucolorido

    ResponderExcluir
  13. Curti esse livro, ficou ótima a sua resenha.
    Vim retribuir a visita e já estou te seguindo.
    Beijos
    Jana Makes Esmaltes e Cia
    Instagram
    Fan Page

    ResponderExcluir
  14. Eu tenho a mais absoluta certeza de que sou a única pessoa na face da terra que não caiu de amores por este livro, na verdade eu me perguntava enquanto lia se por acaso o conteúdo do meu exemplar não era diferente do resto do mundo, rsrs, não consegui me emocionar, não se explicar, provavelmente propaganda demais...Rsrs.

    Beijo, Van - Retrô Books
    http://balaiodelivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir