25 de janeiro de 2017

{Resenha} Mau Começo

Mau Começo (Desventuras em Série #01)
Título Original: The Bad Beginning
Autor (a): Lemony Snicket (Daniel Handler)
Editora: Companhia das Letras (Selo Seguinte)
Número de Páginas: 152
Ano de Publicação: 2001
Sinopse: Mau Começo é o primeiro volume de uma série em que Lemony Snicket conta as desventuras dos irmãos Baudelaire. Klaus, Sunny e Violet, são encantadores e inteligentes, mas ocupam o primeiro lugar na classificação das pessoas mais infelizes do mundo. De fato, a infelicidade segue os seus passos desde a primeira página, quando eles estão na praia e recebem uma trágica notícia. Esses ímãs que atraem desgraças terão de enfrentar, por exemplo, um gosmento vilão dominado pela cobiça, um incêndio calamitoso, roupas que pinicam o corpo e mingau frio no café da manhã. É por isso que, logo na quarta capa, Snicket avisa ao leitor: "Não há nada que o impeça de fechar o livro imediatamente e sair para uma outra leitura sobre coisas felizes, se é isso que você prefere".

Se você quer ler uma resenha mais leve, engraçada, procure outra, já que o livro sobre esta resenha é uma infeliz história de 3 órfãos.

É nesse estilo que começa a história de “Desventuras em Série”, com um aviso do autor sobre o que o leitor irá encontrar, que está longe de ser uma história de conto de fadas.

“Se vocês se interessam por histórias com final feliz, é melhor ler algum outro livro. Vou avisando, porque este é um livro que não tem de jeito nenhum um final feliz, como também não tem de jeito nenhum um começo feliz, e em que os acontecimentos felizes no miolo da história são pouquíssimos.” – Trecho pg.9

Com a febre da série, eu decidi conferir se os episódios eram fiéis aos livros, e logo aqui no começo da resenha eu já afirmo para vocês leitores: É MUITO FIEL! 

Nesse primeiro livro, “Mau Começo”, somos apresentados aos protagonistas da história, e conhecemos a triste história de Violet, Klaus e Sunny, os três órfãos Baudelaire. Após um incêndio que destruiu a mansão, os órfãos são levados ao tutor mais próximo, e é aí que mais desventuras começam, com a aparição do vilão Conde Olaf. 

A construção dos personagens é bem feita, e logo no primeiro livro é demonstrado que os irmãos Baudelaire possuem habilidades especiais. Violet, sempre amarra uma fita nos cabelos quando tem uma ideia de uma nova invenção, sua cabeça tem praticamente engrenagens. Klaus é um leitor voraz (me identifiquei tanto com ele!), e ele consegue se lembrar de tudo o que leu nos livros. E por último, a pequena Sunny, cuja característica é um pouco peculiar, dentes afiados e ótimos para morder coisas. E claro, não esquecemos o Conde Olaf, que apesar da raiva que o leitor irá sentir por ele, mesmo assim, ainda há o carisma do personagem.

Apesar de infanto-juvenil o livro traz alguns questionamentos sobre o comportamento humano, de maneira sarcástica, demonstrando como adultos podem ser cegos com situações que são colocadas em nossas caras. 

O primeiro livro da série é bem curtinho, e a leitura é possível de fazer em um dia apenas, com uma linguagem leve e rápida. Na edição há várias ilustrações no início de cada capítulo. Eu li a versão de e-book, portanto não posso comentar sobre o livro físico. Pelo o que vi em livrarias e em sites, a coleção em si é bem bonita (já quero!).

Diferentemente do que o autor prega no início, o livro não faz o leitor chorar, ou cortar os pulsos, ou algo do gênero, pelo contrário, faz o leitor querer saber se algum dia os órfãos terão um final feliz, ou pelo menos cessar as desventuras em série. Uma ótima leitura para aqueles momentos de ressaca literária.

Leia o POST que conto um pouquinho da minha opinião sobre a série “Desventuras em Série”.


2 comentários:

  1. Amei a introdução da sua resenha, hahaha, bem como o livro!

    Comecei este livro e parei mas vou continuar.

    EU SOU UM POUCO DE CADA LIVRO QUE LI

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oiii Mirelle!
      Não pare não!!! Vale a pena! A única coisa ruim é que é viciante... lê o primeiro, aí logo tem que ler o segundo para saber o que acontece e assim vai hahaha e são 13 então haja animação ;)
      Obrigada pela visita
      Beijinhos

      Excluir