5 de setembro de 2017

[Pedras no caminho]

Alguma vez já se sentiu perdido no espaço e no tempo? Eu ultimamente tenho essa sensação constante, e se esse é um blog pessoal, porque não dividir isso com meus leitores?

21 de agosto de 2017

{Resenha} Mil Beijos de Garoto





Prepare seus lencinhos, pois este é um livro que certamente irá fazer você chorar!

Mil Beijos de Garoto
Título Original: A Thousand Boy Kisses
Autor (a): Tillie Cole
Editora: Planeta / Selo Outro Planeta
Número de Páginas: 400
Ano de Publicação: 2017
Sinopse: Um beijo dura um instante. Mas mil beijos podem durar uma vida inteira. Um garoto. Uma garota. Um vínculo que é definido num momento e se prolonga por uma década. Um vínculo que nem o tempo nem a distância podem romper. Um vínculo que vai durar para sempre. Ao menos era o que eles imaginavam. Quando, aos dezessete anos, Rune Kristiansen retorna da Noruega para o lugar onde passou a infância – a cidade americana de Blossom Grove, na Geórgia –, ele só tem uma coisa em mente: reencontrar Poppy Litchfield, a garota que era sua cara-metade e que tinha prometido esperar fielmente por seu retorno. E ele quer descobrir por que, nos dois anos em que esteve fora, ela o deletou de sua vida sem dar nenhuma explicação.

3 de julho de 2017

{Resenha} Crash - Quando a paixão explode

CRASH - Quando a paixão explode
Título Original: Crash
Autor (a): Nicole Williams
Editora: Planeta / Selo Essência
Número de Páginas: 256
Ano de Publicação: 2017
Sinopse: Para a adolescente Lucy, nada é mais importante que o balé. A dança a transporta para um mundo onde a dor, as lembranças ruins e a violência não existem. Um mundo só dela. Um dia, porém, aquela garota certinha é obrigada a mudar de escola. E é nesse novo ambiente, repleto de descobertas e Inseguranças, que conhece um garoto que só usa cinza e vive com uma toca de lã na cabeça. Jude, o maior bad boy da escola, é lindo e seria o sonho de toda garota, e talvez até o genro que todo pai pediu a Deus... se não tivesse sido preso várias vezes e não morasse num abrigo para garotos desajustados. Lucy não liga para a opinião dos outros: o mais importante é o que Jude sente por ela. E o rapaz parece disposto a abrir seu coração, ainda que um segredo que assombra o passado e o presente dos dois esteja prestes a estraçalhar essa paixão.

17 de abril de 2017

{Resenha} Somos Guerreiras

Somos Guerreiras
Título Original: Love Warrior
Autor (a): Glennon Doyle Melton
Editora: Intrínseca
Número de Páginas: 320
Ano de Publicação: 2017
Sinopse: Um marido lindo e atencioso, filhos encantadores, o reconhecimento pelo sucesso profissional. O que mais Glennon poderia querer? A resposta é: mais, muito mais. Ela queria não ter tantas dúvidas, queria se comunicar melhor com o marido, queria apagar de sua história a bulimia e o alcoolismo, queria se encaixar nos padrões... queria que o marido não a tivesse traído e que o casamento não tivesse se revelado uma tábua de salvação tão fracassada. Mas o que parece a maior das tragédias, acaba se tornando a grande chance de Glennon. A crise conjugal traz à tona seus velhos demônios e a obriga, pela primeira vez, a encarar francamente as questões que antes foram apenas sublimadas. Enquanto todos cobram dela uma decisão sobre o possível divórcio, Glennon se volta para si mesma em busca da própria voz: não a da jovem perfeita que ela um dia quis ser, não a da esposa cujo relacionamento fracassou, não a da mãe abnegada, mas, sim, a voz da mulher de verdade que sempre existiu por trás de todos esses papéis. Glennon Doyle Melton é a mulher que talvez você conheça, a vizinha, a colega, a irmã de um amigo. Talvez seja você. Somos guerreiras revela não só a história de Glennon, mas a guerra diária travada pela mulher que busca simplesmente ser quem ela é — um relato corajoso que chama a atenção para o fato de que nascer mulher e existir plenamente é quase um ato revolucionário.

15 de abril de 2017

{Resenha} O Príncipe Feliz e outras histórias

O Príncipe Feliz e outras histórias
Título Original: The Happy Prince and Other Stories
Autor (a): Oscar Wilde
Editora: Martin Claret
Número de Páginas: 208
Ano de Publicação: 2017
Sinopse: Com uma obra voltada para o público infanto-juvenil, Oscar Wilde, que escreveu essas histórias para seus filhos, cria uma série de contos cheios de referências culturais e ensinamentos morais pautados em fatos corriqueiros inundados de amor, ingenuidade, e até mesmo dualidades como riqueza e miséria, beleza e feiura. A história principal "O príncipe feliz" é uma lição de companheirismo e bondade.